16 de Dec de 2017


Ambev (ABEV3): resultado positivo no 3Tri17 apesar da queda no volume de vendas

Preço das ações deve ter um desempenho similar ao do Ibovespa.

Por: Catarina Pedrosa, CNPI
27/10/2017 às 10h34

 

A Ambev publicou o seu resultado do terceiro trimestre essa manhã com crescimento em relação ao período anterior mais em função de preços médios maiores do que de volume, que no geral, apresentou queda de 2%. Mesmo assim, o resultado ficou em linha com o consenso de mercado e portanto o preço das ações deve ter um desempenho similar ao do Ibovespa. A recomendação de consenso para as ações é Neutra com preço alvo de R$25/ação.


Capturar


O volume de vendas no Brasil apresentou queda de 4% no terceiro trimestre em relação ao mesmo período do ano anterior com queda de 5,4% em cervejas. Essas quedas foram compensadas por volumes vendidos 4,5% maiores nas operações da America do Sul e crescimento de 0,5% nas vendas de refrigerantes no Brasil.

A Ambev também praticou preços médios melhores, com alta de 15,8% na cerveja vendida no Brasil, 9,6% melhor para o refrigerante e 16,1% melhor para as vendas das operações da América do Sul, o que levou a uma receita média consolidada por hectolitro 11,7% maior no trimestre O custo médio consolidado foi 10,2% superior, o que somada a outros custos operacionais, que tiveram uma queda de 20,6%, resultou em alta do EBITDA de 17,9%.

A queda nas  vendas de cerveja no Brasil foram impactadas pela fraqueza do mercado e pelo aumento dos preços que compensou a queda do volume. A Ambev perdeu market share em cervejas no Brasil este trimestre uma vez que o recuo da industria foi de 1%.


DISCLAIMER

Declaração do (s) analista(s) de valores imobiliários (de investimento), nos termos do art. 17 da ICVM 483:

O responsável pelo relatório acima, mencionado no final do artigo, é um analista de investimento certificado pelo CNPI e o responsável principal pelo conteúdo do relatório, conforme disposto na ICVM483/2010, artigo 16, parágrafo único, e as recomendações publicadas aqui neste relatório da MacroSector Consultores refletem única e exclusivamente suas opiniões pessoais, sendo elaboradas de forma independente.

As informações e opiniões aqui contidas são consolidadas ou elaboradas com base em informações públicas ou fontes, em princípio, fidedignas. Assim, a MacroSector não declara e nem garante que essas informações sejam precisas. Além disso, os textos têm por fidelidade exclusiva apresentar informações auxiliando na tomada de decisão de investimentos, não se constituindo em oferta de venda ou solicitação de compra de ações. Os analistas não se responsabilizam por perdas ou danos futuros em virtude do uso destes relatórios.


Analista responsável pelo relatório.

MAIS NOTÍCIAS

Produção de veículos continua acelerada

Refletindo o dinamismo das exportações, em boa medida

Festividades de final de ano explicam contratações em outubro

Caged aponta criação de 76,6 mil empregos no mês.

IBC-Br confirma recuperação da economia brasileira

Em setembro, índice variou 2,0% na comparação interanual

Vendas do varejo subiram 0,5% em setembro, devendo crescer 2,2% em 2017

Sustentadas pelo aumento de salários e crédito